[INFORMATIVO PIX] Publicação da Instrução Normativa n° 49.

O Banco Central do Brasil (BC) publicou a Instrução Normativa nº 49 no site do BC.
A IN nº 49 estabelece os procedimentos necessários para a adesão ao Pix.

O processo de adesão ao Pix, que será reiniciado em 01/12/2020, é composto por três etapas. Confira mais informações neste post.

Pix, novo sistema de pagamentos, começa a funcionar 100%.

O Pix, novo meio de pagamentos criado pelo Banco Central, entra em operação plena nesta segunda-feira (16), após passar duas semanas em testes com funcionamento limitado por volumes e horários. Agora, todas as 762 instituições financeiras e mais de 50 milhões de clientes já cadastrados poderão usar a plataforma, que vai funcionar 24 horas por dia, todos os dias do ano.

Banco Central possui projeto para lançar sua própria moeda digital

Em estudos desde agosto de 2020, o Banco Central do Brasil possui projeto para lançar sua própria moeda digital. Com a chegada do Pix e a implementação do open banking, o Banco Central tem apostado na digitalização do sistema financeiro. Leia mais neste post!

Segurança contra fraudes: instituições precisam mostrar à população que o PIX é seguro

(…) do ponto de vista de utilidade pública, realmente é necessário que haja uma atenção especial para esse tema, para educar as pessoas e orientá-las a fazer seus cadastros da forma correta. A mídia cumpre seu papel ao alertar as pessoas para que se mantenham bem informadas e evitem cair em golpes, e é preciso que haja o mesmo comprometimento por parte tanto do Banco Central quanto das instituições financeiras que oferecem a ferramenta.

PIX será ‘tão seguro quanto’ outros sistemas de pagamento, diz diretor do BC

João Manoel Pinho de Mello, diretor do Banco Central, afirmou que o PIX, novo sistema de pagamentos brasileiro, é “um meio de pagamento tão seguro quanto outros meios que já existem” e que os procedimentos de segurança foram feitos do zero, da forma mais moderna que se conhece.

10 Principais Perguntas que estão fazendo sobre o PIX no Google

Convocamos os CEOs da SHIPAY, Charles Hagler e Luiz Guilherme Coimbra para respondemos as 10 principais perguntas que estão fazendo sobre o PIX no Google. Se você tem dúvidas sobre o funcionamento do PIX, você está no lugar certo! Tire todas as suas dúvidas sobre o sistema netes post!

‘Fim do Ted e Doc’: Banco Central divulga taxa para o PIX, R$ 0,01 a cada 10 transações

O Banco Central do Brasil divulgou a tabela com as novas taxas que as instituições devem pagar para utilizar seus sistemas.
Assim, diferente do que havia anunciado anteriormente, que as transações entre pessoas físicas no PIX seriam de graça, haverá um custo para as transações.

Desta forma o BCB revelou, além de outros dados, quanto cada instituição terá que pagar para “mandar um PIX”.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora